O deputado Fábio Sousa prestou homenagem à Goiânia, ontem, 24, na Câmara Federal. No dia em que a cidade completou 83 anos, o parlamentar discursou parabenizando a capital.
“Quero hoje fazer uma homenagem à cidade onde eu nasci, à cidade onde eu cresci, à cidade onde eu me formei, onde eu me casei e tive meus dois filhos”, disse Fábio Sousa. “A nossa Princesa do Cerrado está fazendo 83 anos, vivenciando os sonhos de Pedro Ludovico Teixeira, na época Governador do Estado”, prosseguiu. Fábio Sousa relacionou a construção da Goiânia à de Brasília, em que, assim como Juscelino Kubitschek teve a visão para a capital Federal, Pedro Ludovico também teve para o Cerrado: fundar uma cidade planejada.
Fábio Sousa lembrou que Goiânia foi projetada para 50 mil pessoas, e hoje conta com mais de 1,5 milhão. “Se juntarmos todas as cidades circunvizinhas a ela, veremos que em torno de 2 a 3 milhões de pessoas vivem em função da cidade de Goiânia”, ressaltou.
O deputado lembrou ainda os problemas enfrentados pela capital de Goiás, como a violência crescente; problemas habitacionais; trânsito extremamente caótico; problemas na saúde pública e na educação. “Esperamos que a escolha do goianiense no próximo domingo seja interessante para resolver esses problemas ou pelo menos diminuí-los”, disse o parlamentar, se referindo ao processo do segundo turno das eleições.
Antes de concluir, Fábio Sousa fez questão de elogiar os goianienses: é um povo trabalhador, extremamente acolhedor, que recebe as pessoas sempre de braços abertos para comer um bom pão de queijo, uma boa pamonha assada, para tomar um cafezinho. Enfim, os goianienses recebem com muita alegria os seus visitantes, disse. “O melhor de Goiânia são os goianienses, sem dúvida nenhuma. Parabéns, Goiânia!”, encerrou.