Fábio Sousa continua cobrando iniciativas para combater a atual crise econômica no Brasil. Em discurso hoje, 19, no Plenário da Câmara Federal, o deputado defendeu que é preciso que todos se empenhem na aprovação de medidas que visem solucionar a crise financeira, gerando emprego e renda.

Em sua fala, o parlamentar caracterizou como “terrível” o período de crise econômica vivido pelo país. “Eu diria que a crise política está se resolvendo. Já vivemos momentos muito mais difíceis, todo mundo aqui se lembra bem disso, e o País também. A crise moral também está começando a se resolver. Mas a crise econômica é algo que exige de todos nós uma extrema dedicação e uma extrema devoção”, comentou Fábio Sousa.

Ele explicou que além de gerar desemprego, a crise financeira está trazendo um retrocesso econômico há muito tempo não visto no Brasil. “E, se nós não começarmos a tomar medidas extremas aqui no Congresso Nacional, na Câmara dos Deputados e depois no Senado, o Brasil vai viver dias piores do que está vivendo hoje”, completou. Fábio Sousa ironizou ainda que, em pleno período eleitoral, a placa que mais se vê nas ruas não é do candidato A ou B, mas “a faixa que mais se vê nas lojas, nos estabelecimentos é a que diz aluga-se, vende-se”.

Para mudar essa realidade, o deputado cobra mais ação da Câmara. “É preciso, por exemplo, votar a PEC 241, que trata do Novo Regime Fiscal”, afirmou. Ao encerrar, Fábio Sousa fez um apelo aos colegas deputados para que participem do processo Legislativo. “Tenham a sua ideologia política expressada, de qualquer forma, mas participem aqui do processo, que venham tentar resolver o problema”, concluiu.